Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

(Com)texto, no corpo

July 14, 2012

Texto originalmente publicado na Revista de Dança

 

“Não há uma só frase, um só discurso, uma única conversa, que não traga a marca da posição do sujeito quanto ao que ele diz”(Jacques-Alain Miller em Lacan Elucidado)

 

Faltam poucos dias para a estreia de Teu Corpo é Meu Texto, o mais novo espetáculo de José Possi Netto e Anselmo Zolla com a Sociedade Masculina, Studio 3 e participação especial de Christiane Torloni. Os bailarinos chegam ao ensaio na sede da escola devagar, sentam no chão, conversam, riem. Num canto, um intérprete faz abdominais sobre uma bola, em outro, uma bailarina lê a ordem das trocas de figurino, que por sinal é muito rápida. A sala de ensaios com linóleo e paredes brancas vai vagarosamente ganhando cor e voz. O texto é claro: às vésperas das apresentações, os detalhes farão diferença.

 

 

                                                                                                         Foto: Marcus Cavalheiro

                      Espetáculo de José Possi Netto e Anselmo Zolla tem participação especial de

                      Christiane Torloni

 

         

E os detalhes são traduzidos na voz de Liris do Lago, ensaiadora e bailarina da companhia. Seu tom é suave, pontuado, atencioso e, quando a palavra não dá mais conta de explicá-lo, ela o transforma em gesto. O movimento está ali, grudado. Quando entra em cena, impossível não grudar os olhos. Com Paula Zonzini também é assim. Qualidade de movimento, dramaturgia traduzida em corpos que falam. Entre uma correção e outra, a companhia passa algumas cenas do novo balé, dividido em quatro partes. Reveem gestos, colocações, entendem tempos e formas. Fazem a primeira cena diversas vezes: homens que seguram sapatos de salto vermelhos rastejam ao comando de mulheres. Christiane, que interpreta Sarasvati, deusa hindu da sabedoria e das artes, testa uma nova peruca (contemporânea, com dreads) e o figurino de uma das cenas – um vestido drapeado que os bailarinos entram embaixo, assinado pelo talentoso Fabio Namatame – ainda deve ganhar ajustes.

 

“Quando o Zolla me convidou para esta montagem, nossa ideia inicial era falarmos do universo feminino. Com o tempo, a obra foi ganhando novas proporções. O espetáculo discute a capacidade de sonhar, o poder da divindade através do corpo”, fala o diretor. “Em cena, os artistas transcendem o movimento e podemos ver o texto traduzido em imagens”, completa Possi Netto. Teu Corpo é Meu Texto é a terceira parceria dele com o Studio 3.

 

A trilha sonora de Felipe Venâncio é pontuada por poemas de Eduardo Ruiz, lidos por Christiane e peças que vão do clássico de Tchaikovsky (1840-1893) e Stravinsky (1882-1971) aos boleros da banda americana Pink Martini. “Na última parte da coreografia homenageamos grandes nomes da dança como Isadora Duncan (1877-1927), Maurice Béjart (1927-2007), Vaslav Nijinsky (1889-1950) e Martha Graham (1894-1991) e, para citar uma personalidade da dança do Brasil, destacamos Marilena Ansaldi”, aponta Possi.

 

Roland Barthes em O Prazer do Texto diz que “o texto que o senhor escreve tem que me dar prova de que me deseja. Essa prova existe é a escritura. A escritura é isto: a ciência das fruições da linguagem […]”. Em Teu Corpo é Meu Texto a escritura é feita pelo corpo, este que deseja a palavra em movimento.

 

 

                                                                                                                          Foto: Marcus Cavalheiro

                      A trilha sonora de Felipe Venâncio é pontuada por poemas de Eduardo Ruiz e peças

                      que vão do clássico de Tchaikovsky (1840-1893) e Stravinsky (1882-1971) aos boleros

                      da banda americana Pink Martini

 


 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle

CONECTE-SE!